Metal Reunion Zine

Blog que reúne notícias referentes a bandas, artistas, eventos, produções, publicações virtuais e impressas, protestos, filmes/documentários e quadrinhos independentes/underground ligados de alguma forma a vertentes da cultura Rock'n'Roll e Heavy Metal do Brasil e também de alguns países que possuem parceiros de distribuição do selo Music Reunion Prod's and Distro e sua divisão Metal Reunion Records.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Unearthly: Banda gravou sua primeira música em português

Além de ter que superar seus antecessores, considerados clássicos por muitos fãs do Metal nacional, o UNEARTHLY se incumbiu de mais um desafio: escrever e gravar sua primeira música cantada em português.
O resultado é a música ‘Eshu’, que poderá ser escutada no lançamento do novo álbum, The Unearthly’, muito em breve. M.Mictian e Eregion explican melhor o conceito por trás da música:

“Essa foi a primeira música (parte instrumental) a ser feita, e a última a ser finalizada. Uma homenagem aos nossos antepassados totalmente em português conta com participação do Percussionista Edinho Souza; Um “PONTO” de Exu transformado em Metal Extremo.

Exu é um orixá africano (em Yoruba – Eshu), e com certeza é o mais controverso de todos, pois em uma figura é representada várias entidades e forças, é reconhecido como o mensageiro entre o céu e o inferno, por isso pra alguns ele representa a ajuda e o amparo, mas para outros ele é a verdadeira encarnação do diabo; Por ser um dos orixás mais cultuados aqui no Brasil e representar também uma ponte entre África e Brasil a letra em português também se encaixa nesse contexto.”

‘The Unearthly’ é o quinto álbum de estúdio do grupo e foi gravado no Rio de Janeiro, no estúdio AM, com produção de Fernando Campos. Para a masterização foi chamado o ex-Rotting Christ George Bokos.

O UNEARTHLY também anunciou os selos que lançarão o trabalho. No Brasil, novamente a renomada Shinigami Records, na Europa pela eslovaca Metal Age Productions e nos EUA pelo selo All Dead Records.

Uma música retirada do álbum acaba de ser lançada. Trata-se da faixa-título, confira:

https://www.youtube.com/watch?v=40LShAXvU-E
Contato para shows e merchandise: shows@theunearthly.com

Sites Relacionados:
www.theunearthly.com www.facebook.com/unearthly.official www.metalmedia.com.br/unearthly
Fonte: Metal Media

Zombie Cookbook: Novo vinil já disponível para compra

Já está disponível para compra o novo vinil do ZOMBIE COOKBOOK para o álbum “Outside the Grave”, e, como noticiado anteriormente, as primeiras 50 cópias vendidas terão todo o valor repassado ao Abrigo Animal de Joinville.
A versão em LP de “Outside the Grave” é em formato ‘gatefold’ ou capa-dupla e conta com pôster exclusivo e vinil na cor roxa. 



O tracklist foi dividido da seguinte forma:

Lado A:
Feasting Humans At Dusk
I Sell The Dead
Midnight Hunger
I Drink Your Blood
I Eat Your Skin
V.O.D.U.N. (Vile Odor Of Decomposing Unborn Necropolis)

LADO B:
Creepy Freak
Harvest Of The Damn
Grab The Guts
Fellows In Sadism
Then You Scream

Interessados em adquirir o material podem entrar em contato com a banda pelo e-mail contato@zombiecookbook.com.br ou comprar diretamente pela loja no aplicativo do Facebook: https://www.facebook.com/zcbofficial/app_529364653742273

Desde o lançamento do CD de “Outside the Grave”, em 2012, álbum e banda colecionaram menções de melhor disco e revelação do ano, “o fantástico arrasador de tímpanos Outside The Grave” (Metal Samsara 10/10), elevou o nome do ZOMBIE COOKBOOK para uma das bandas mais queridas no novo cenário nacional. Confira mais palavras ditas sobre o disco:

“Ótimo trabalho” 10/10 – Metal Maniacs Zine
“Uma banda fora do comum” – Portal do Inferno
“Um dos principais discos de 2012” – Metal Clube
“Deve ser conhecida por todos os apreciadores do metal extremo” – Whiplash!
“Uma das melhores e mais criativas bandas surgidas” – Heavy Metal Brasil
“Estamos diante de um novo clássico da música extrema” – Heavy and Hell
“Uma combinação de elementos de ouro… ou sangue” 10/10 – Metal on Metal
“Diferente de tudo que já se ouviu por aí” – Metal Militia
“É impressionante a qualidade que tem esse álbum” – Brasil Metal História
‘Outside The Grave’, assim como todo o merchandise oficial do grupo está à venda e pode ser comprado diretamente com o ZOMBIECOOKBOOK ou nas melhores lojas.

Um lyric video para a faixa ‘Harvest Of The Damn’ foi lançado recentemente, confira:

http://www.youtube.com/watch?v=EyxcV0HiY5M
Contato para shows e merchandise: contato@zombiecookbook.com.br

Sites Relacionados:
www.zombiecookbook.com.br www.facebook.com/zcbofficial www.metalmedia.com.br/zombiecookbook
Fonte: Metal Media

Necromesis: Lançando vídeo clipe no Inferno Fest

No dia 27/07/2014 no Inferno Fest, o NECROMESIS estará lançando o vídeo clipe "Indiferent Echoes of Sensitivity". O evento que acontecerá no Inferno Club em São Paulo, contará com as bandas NECROMESIS, NERVOSA, FURIA INC e NOWRONG, a partir das 16hs. A faixa escolhida para o vídeo clipe faz parte do EP "Echoes of a Memory" lançado este ano, sendo o terceiro trabalho de estúdio da banda.

Um teaser do video clipe foi disponibilizado no Youtube:  
Ingressos a venda: 
 
 
 
O NECROMESIS segue divulgando o EP "Echoes of a Memory" e trabalhando na pré produção do "full album" com lançamento previsto para 2015.
NECROMESIS é formado por:
Mayara Puertas - Vocal
Daniel Curtolo - Guitarra
Gil Oliveira - Bateria
Gustavo Marabiza - Baixo

Acompanhe a banda nas redes sociais e fique por dentro das atualizações:

Facebook: https://www.facebook.com/NecromesisBrasil
Reverbnation: www.reverbnation.com/necromesis
Contato: necromesis.br@gmail.com

Fonte
Necromesis - BR
necromesis.br@gmail.com
 

Exodus Brasil 2014: Ingressos no Rio de Janeiro chegam no 2º lote!

A produtora Blog n Roll acaba de informar que os ingressos para o evento Exodus no Rio de Janeiro estão no segundo lote. Os fãs da banda que desejam garantir seus ingressos devem correr para um dos pontos de venda ou comprar pela internet.


Os ingressos para o show do Exodus no Circo Voador (Rio de Janeiro) acabam de entrar no segundo lote, segundo a Blog n Roll Produções. A banda, uma das fundadoras do Thrash Metal mundial, se apresenta na cidade no dia 05 de Outubro.
A apresentação dos americanos contará com o retorno de Steve “Zetro” Souza, vocalista do período clássico da banda onde gravou “Tempo of the Damned” um dos grandes álbuns da banda. Recentemente o Exodus anunciou o seu novo álbum “Blood In, Blood Out” que será lançado em Outubro próximo e já contando com a voz de “Zetro”.
Esta apresentação da banda será a primeira em vez que o veterano vocalista Steve  Souza, vem ao Brasil.
Além do Exodus, a grande convidada noite será a banda de Thrash/Death Metal, Hatefulmurder  que esta prestes a lançar o seu primeiro full-lenght álbum “No Peace“ com 9 faixas. O álbum foi gravado no Estúdio AM e PyroZ Studio no Rio de Janeiro, com a produção de Fabiano Penna e a banda. A arte da capa foi assinada por Felipe Lameira, e o  lançamento deve acontecer no Brasil ainda em julho pela Cogumelo Records e com distribuição nos Estados Unidos pela GreyHaze Records.
 
Evento no facebook: 
https://www.facebook.com/events/259415607579559/?fref=ts
A produtora Blog n Roll orgulhosamente apresenta:

EXODUS NO RIO DE JANEIRO
Banda de abertura: Hatefulmuder
Data: 05 de Outubro (Domingo)
Local: Circo Voador
Endereço: Rua Arcos da Lapa S/Nº
Portas: 18h00min
Exodus: 20h00min
 Ingressos:
1º lote: R$ 90,00 (meia-entrada promo) ESGOTADO!
1º lote**: R$ 180,00 (inteira)  ESGOTADO!
2º lote: R$ 100,00 (meia entrada promo)
2º lote**: R$ 200,00 (inteira)
3º lote: R$ 110,00 (meia entrada promo)
3º lote**: R$ 220,00 (inteira)

Porta: R$ 120,00 (meia-entrada e antecipado)
Porta**: R$ 240,00 (inteira)

*É proibida a entrada na casa portando câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, bem como filmadoras de qualquer tipo.
*A produção do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.
** Leve 1 Kg de alimento não-perecível e tenha direito à meia entrada 

Venda online:  

Pontos de venda (sem taxa de conveniência):

CENTRO
Bilheteria do Circo Voador
Ter/qui: 12h às 19h
Sex: 12h às 24h
Sáb: 14h às 24h

TIJUCA
Scheherazade
Rua Conde de Bonfim, 346, loja 209
Próximo ao metrô Saens Peña
Tel. 2569-1250
Somente em dinheiro

DUQUE DE CAXIAS
Rock For You
Shopping Estação Fashion
Avenida Presidente Kennedy, 1910 loja D
TEl. 9 9420-8796
Dinheiro ou cartão em até 12 vezes sem juros

NITERÓI
Dark Age
Rua da Conceição, 101 S.L 47 – Centro
Próximo às barcas
Tel. 2620-7888Somente em dinheiro
Apoio:HR Estúdio
Metal Samsara
Rock For You
TV Under Garage
Nuclear Blast

Maldita 3.0
 Realização: Blog n Roll Produções www.BlognRoll.com.br
Próximos eventos:
- Almah (03.Agosto)
- Festa de 1 ano da Blog n Roll (09.Agosto)
Fonte: X-PressON! – Assessoria de Imprensa
 

Scalped: revelada a capa do EP “Psychopath”

A máquina doentia do Death Metal mineiro, libera em primeira mão a capa do EP “Psychopath”, o trabalho foi assinado por Pablo Miconi, o mesmo que produziu a capa do single “Scalped”

O EP “Psychopath” da banda mineira Scalped,  está com lançamento previsto para Julho . Este trabalho contará com 5 faixas, executadas sob o domínio de um Death Metal cruel , massacrante e doentio. Um trabalho recheado de muito ódio deste quarteto de Belo Horizonte.
O material foi gravado nos estúdios Roffer e Oxido, com a produção de Marcelo Roffer. O disco será lançado pela Black Legion Productions, produtora de Resende-RJ, que soma mais um lançamento agressivo para o portfólio de 2014.
Confira o single lançado recentemente:
Curta e acompanhe Scalped no FB:
www.fb.com/ScalpedDeath
Fonte
Assessoria de Imprensa:
www.blacklegionprod.com
www.fb.com/Blacklegionprod
Twitter: BlackLegionProd

Exhumed Christ: lançamento em Tape na Bolívia da demo “Where Is Your God?”

Exhumed Christ, em parceria com a Exterminio Prod. da Bolivia, anuncia o lançamento da demo “Where Is Your God?” na America Latina. Esse é o primeiro de muitos lançamentos acertados por ambos os lados, o lançamento do debut álbum que está em processo de produção, está previsto para o começo de 2015  e no formato tape pela mesma.
Essa união com certeza renderá bons frutos, pois a banda prepara material inédito com a nova formação, possivelmente em 2014, segundo a previsão de produção e gravação. Porém, será lançado no Brasil no formato de Cd, e algumas gravadoras que se mostraram dispostas em lançar o material.Nesse primeiro lançamento, serão inclusas as músicas “Burn The Bastard” gravado pela primeira formação da banda para a coletânea “The Essence Of The Black Meta – Black Metal Compilation Vol. 2″, uma versão ao vivo de “Azazel” e a nova faixa “Warth Ov Legions”, que estará no próximo volume do “Metal Devastation”.
Confira a faixa  “Warth Ov Legions” que constar no lançamento:

Curta e acompanhe no Facebook:
www.facebook.com/ExhumedChristBR
Assessoria de Imprensa
Facebook: www.facebook.com/blacklegionprod
Oficial: www.blacklegionprod.com 
Twitter: BlackLegionProd

SCROK: produzindo primeiro videoclipe para o seu debut álbum

A banda SCROK está atualmente produzindo o seu primeiro videoclipe da carreira, para a música “Disgrace Online”, extraída do debut “Welcome to Terror”. 
O supracitado material audiovisual tem previsão de lançamento para o segundo semestre de 2014, e contou com a produção da empresa DV Produções, sob a condução do diretor Gildásio Chagas.

“Welcome to Terror”, debut álbum da SCROK já está disponível para compra através da Eternal Hatred Records. Para adquirir o material por um preço especial, basta enviar um e-mail para contato@msmetalpress.com.

Para mais informações sobre as atividades da banda SCROK e dos demais clientes da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalpress.com.

Links Relacionados:
http://msmetalpress.com/ptbr/artista-scrok/

Fonte

NervoChaos: Novo videoclipe está disponível, confira!

O novo videoclipe do NERVOCHAOS está pronto! A música escolhida é a terceira faixa do novo álbum, ‘The Art Of Vengeance’, com o título de ‘The Devil’s Work’.

O trabalho foi filmado em um único dia com duas sessões, uma no meio de uma pequena floresta e a segunda, noturna, no Estúdio 1575 na Lapa.
A atmosfera densa do filme contrasta o mundo real à outra dimensão levada pelos demônios que conhecemos muito bem… Os elementos de ligação, água, fogo, fumaça e sangue completam o elo colocando o espectador junto à banda nesse ritual.

O trabalho foi dirigido por Cherry Taketani (Hellsakura, ex-Okotô), e conta com a seguinte equipe de produção:

Atriz: Veronica “Nuvem”
Fotografia: Faustulo Machado
Câmeras e Edição: Video Dayz
Efeitos Especiais: Andre Porto
Maquiagem de efeitos especiais: Roger Matua
Maquiagem da atriz: D.A. Dark
Assistentes: Denis Okuma & Harumi Tado

http://youtu.be/v7vG_THIIiQ
‘The Art Of Vengeance’, lançado pela Cogumelo Records, é o sexto trabalho de estúdio do NERVOCHAOS, o material foi gravado no Rio de Janeiro no estúdio HR. O novo álbum conta com a produção do italiano Alex Azzali. Já a arte da capa ficou a cargo de Marco Donida.

A primeira prensagem conta com um DVD de bônus, intitulado 'Warriors on the Road 2'. O álbum já está disponível nas principais lojas especializadas do Brasil.

Contato para shows e mercandise: nervo666@hotmail.com

Sites Relacionados:
www.facebook.com/NervoChaos www.metalmedia.com.br/nervochaos
Fonte: Metal Media

Slasher: Banda anuncia turnê pela Europa!

O ano de 2014 tem sido marcante para os músicos do SLASHER. Depois de lançar um dos álbuns mais bem aceitos do ano, ‘Katharsis’, agora é hora de a banda anunciar mais um sonho realizado: a turnê europeia!
Todo o agenciamento da turnê está sendo feito pela empresa alemã Agentur EAM (www.agentur-eam.de). O grupo viaja para a Europa no outono do hemisfério norte, para gente primavera.

Muito em breve banda e agência irão anunciar as primeiras datas e países que são cobertos na viagem.

A turnê no Velho Continente faz parte dos shows de divulgação do novo álbum ‘Katharsis’ que novamente vem surpreendendo fãs e críticos, novamente sendo citado como um dos álbuns nacionais do ano.

Lançado em formato digipack, o disco foi produzido pelo dinamarquês Tue Madsen (The Haunted, Dark Tranquility, Kataklysm, entre outras). Para a capa foi convidado o francês Stan W Decker.

O álbum e todo o merchandise do SLASHER pode ser comprado pelo link: http://loja.slasher.com.br/

Quem ainda não conhece, ‘Katharsis’ está disponível para audição gratuita pelo link:

https://www.youtube.com/watch?v=IrR3uBvY_3g
Contato para shows e merchandise: rpecego@slasher.com.br

Sites relacionados:
www.slasher.com.br www.facebook.com/SlasherBR www.metalmedia.com.br/slasher
Fonte: Metal Media

Morfolk: Novo álbum sairá pela Violent Records

O MORFOLK orgulhosamente anuncia que o novo álbum, ‘…Until Death’, será lançado pelo selo Violent Records.



O selo é propriedade do lendário vocalista da banda Vulcano, Luiz Carlos Louzada, e tem entre seus lançamentos trabalhos de bandas como Predatory, Brutal Morticínio, Chemical Disaster, entre outros. Confira mais em: www.violentrecs.yolasite.com

O novo CD tem a produção do músico e produtor Leandro Queiroz e está sendo gravado em seu estúdio na cidade natal da banda, São José dos Campos/SP. Sucessor direto do aclamado ‘World Of Lies’ de 2011, o álbum promete um MORFOLK mais pesado e técnico.

Já a capa ficou por conta do baterista Daniel Sanchez, que também é artista gráfico e designer profissional. Daniel já tinha sido responsável pela capa do EP ‘Prelude…’.

Em 2012 a banda lançou também o EP ‘Prelude…’ que pode ser baixado gratuitamente pelo link:

http://www.metalmedia.com.br/morfolk/downloads/morfolk_prelude.rar
Ouça uma música da banda:

https://soundcloud.com/metalmedia/morfolk-world-of-lies
Contato para shows e merchandise:
morfolk@hotmail.com ou reitio@hotmail.com
Sites Relacionados:
www.morfolk.com.br www.myspace.com/morfolk www.metalmedia.com.br/morfolk
Fonte: Metal Media

Tellus Terror: Na coletânea ‘Shaking Your Speakers’

O TELLUS TERROR está participando da coletânea idealizada pela Quality Web Radio, ‘Shaking Your Speakers’.
A música escolhida para a compilação é ‘Stardust’, faixa inédita. Além do TELLUS TERROR, bandas como Forkill, Rattle, Syren, Morrigam, entre outras participam do projeto. Para baixar gratuitamente, visite:

https://www.dropbox.com/s/c4xkp47j2kbo13y/Colet%C3%A2nea%20Quality%20Music%20Web%20Radio.rar
O vindouro e aguardado álbum ‘EZ Life DV8’, está sendo fabricado e em muito pouco tempo será lançado.
Toda a gravação do CD foi feita no Brasil, nos estúdios Visom Digital Brazil e AM Studio, ambos no Rio de janeiro. A produção deste lado do oceano ficou por conta de Felipe Borges, TELLUS TERROR e Fernando Campos.

Já na Europa, os suecos Fredrik Nordström e Henrik Udd (Dimmu Borgir, In Flames, At the Gates, Arch Enemy, Dark Tranquillity, Soilwork, Opeth, Sabaton, Rotting Christ, Septic Flesh), cuidaram da mixagem e masterização de ‘EZ Life DV8’. Pat Power – baterista do Dream Evil e engenheiro de som do Dimmu Borgir, The Haunted, Firewind, Susperia, entre outros – cuidou dos ‘click corrections’ da bateria.

A capa e todo o encarte ficou por conta do grego Seth Siro Anton que já trabalhou com nomes como Nile, Paradise Lost, Moonspell, Kamelot, Soilwork, Job For A Cowboy, Exodus, Vader, Rotting Christ, entre outros.

Confira os dois lyric vídeos retirados do trabalho:

http://youtu.be/xozSTByECXA
http://youtu.be/Ed02dSbtoQQ
Contato: tellusterror@tellusterror.com.br

Sites relacionados:
www.tellusterror.com.br www.facebook.com/tellusterror www.metalmedia.com.br/tellusterror
Fonte: Metal Media

Mutran: lançamento do disco “A Life Preview” e clipe de “Signor Luiz” no Heavy Duty

O trabalho da banda carioca Mutran vem colhendo bons frutos neste inverno. Além de ter representado a Black Legion Productions em um torneio bem concorrido, obteve o terceiro lugar no campeonato do portal A Ilha do Metal, disputando com 150 bandas de todo o Brasil.

Às vésperas de lançar o EP intitulado “A Life Preview”, que será colocado no mercado pela Black Legion Prod e Mutran ArtWork, uma prévia do próximo disco que contém três músicas inéditas e três ao vivo, uma das inéditas já com videoclipe no forno para lançamento no próximo dia 26no show do Heavy Duty Beer Club, um verdadeiro templo do rock no Rio de Janeiro.

O novo clipe intitulado “Signor Luiz” é uma mega produção onde a banda, que já tem um histórico de ótimos clipes, evolui neste segmento com este clipe que é um passo adiante na carreira da banda apresentando uma nova proposta em relação aos clipes rodados.

Adão, o baixista da banda interpretando uma guerreiro no clipe:
 
 
Capa do EP “A Life Preview”:
 
Soundcloud: soundcloud.com/mutran

Contatos para shows:
Alex Chagas
www.fb.com/AlexChaggas
www.fb.com/BlackLegionProd
Twitter – @BlackLegionProd

 

 


 

The Endless Siege: 100% Hardcore Metal Force - Entrevista



The Endless Siege é uma banda de metal/hardcore, formada em 10/04/2014 inicialmente com Filipe Leopoldino nos vocais, William Kelevra (ex-guitarrista Metal Six) e Cláudio Renato nos vocais, Antonio Monteiro no baixo e Jadelson Junior em fase de teste na bateria. A formação da The Endless Siege passou por algumas modificações. Tempos depois, William Kelevra deixou a banda por motivos pessoais, e no seu lugar assume as guitarras o Luis Eduardo (ex-guitarrista Darkness Silence), e o Jadelson Junior deixa a banda por não se adequar a proposta de som e por falta de tempo. A banda em maio lançou a sua primeira single/demo intitulada "Promise Is Doubt", e após o lançamento da single, o Daniel Marques assume a bateria da banda. A The Endless Siege atualmente está na ativa, se preparando para o lançamento de um novo material.

Metal Reunion Zine: É um prazer entrevistá-los, brothers. Em nome do site agradeço imensamente o tempo disponível e vamos lá.

[Filipe Leopoldino] O prazer é nosso, afinal, todo apoio bem intencionado será bem-vindo, não tenha dúvidas. Nós também agradecemos pela oportunidade de nos conceder espaços para estas entrevistas, por nos ajudar a abrir oportunidades para mais planos.

Metal Reunion Zine: A banda passou por mudanças, certo? Como está sendo pra se adequar a isso? E sobre novos integrantes, alguém em fase de teste?

[Filipe Leopoldino] Então, como há na biografia mais acima , o William Kelevra e o Jadelson Junior deixaram a banda, ambos por motivos pessoais e por não se adequarem na nossa proposta de som. Como está sendo pra se adequar a isso? É uma pergunta que nos gera outra série de perguntas:  “O que nós queremos para a The Endless Siege? Qual a proposta de som que a The Endless Siege vai aderir? Que mensagens queremos transmitir através das letras da The Endless Siege?” A minha preocupação com a adequação das mudanças relacionadas se focam muito nestas outras perguntas que eu citei acima. A seletiva dos novos integrantes para o The Endless Siege está relacionado com alguns critérios da banda. Queremos com a The Endless Siege produzir um material mesclando elementos de Metal e elementos de Hardcore, tendo como influências as bandas Sylosis, Death, Anchor, Unearth, Inferi, As Dawn Breaks, Slow Bleeding e até mesmo de muitas bandas/conjuntos fora do metal/hardcore que retratam sobre impactos sociais, que é a principal proposta para a produção das letras da The Endless Siege. Para que a banda se adeque as novas mudanças, é muito importante fazer uma análise dos integrantes (suas influências, o seu entusiasmo com a banda, comportamentos, opiniões, etc.), e isto vale tanto para aqueles que já são integrantes da banda, como os que ainda estão em fase de teste. Costumo também compartilhar um pouco das nossas influências musicais para eles, assim como eles também compartilham conosco. O compartilhamento das influências é muito importante para a The Endless Siege, pois assim já temos uma ideia mais firme do que a The Endless Siege irá tocar. Também costumo aconselhá-los a procurar expandir estas influências, utilizando métodos de pesquisa, através de notícias, e também procurar se informar de como é a cena do Metal/Hardcore tanto aqui em Teresina-PI quanto fora daqui. Em relação aos novos integrantes, temos o Luis Eduardo (guitarrista), o baterista Daniel Marques está em fases de teste ainda.

Metal Reunion Zine: As bandas de Hardcore daqui (Obtus por exemplo) tocam pra caralho por aqui e já fizeram ate uma mini tour pelo nordeste. Existem outras do mesmo gênero mais antigas que são reconhecidas pelo Brasil todo (Se duvidar ate no exterior). As mais novas tocam (As Dawn Breaks, Campo Minado 118...) tocou em vários lugares nesses últimos tempos. Apesar de ser uma pergunta tradicional, e o The Endless Siege, pretende mesmo entrar nessa mesma realidade? Qual seria os planos daqui pra frente?

[Luis Eduardo] Bom, essa é uma realidade ainda distante, mas que com certeza é algo que buscamos, porque não existe nada melhor que ver seu trabalho sendo reconhecido, ainda mais nós músicos de gênero como Hardcore, Metalcore, Heavy Metal, etc. Por isso se deve um grande respeito a essas bandas que conquistam toda essa história. E daqui pra frente a ideia é gravarmos um EP que incluirá 4 de nossas  14 músicas já prontas. Além de que ainda tem muito ensaio pela frente, assim que conseguirmos fechar os integrantes.

Metal Reunion Zine: O Cenário Hardcore/Metal aqui em Teresina ainda está mediano. Poucas bandas, poucos interesses, pouco espaço e por ai vai. O que você tem a dizer sobre isso? Me fale de bandas que merecem na real ser entendidas como UNDERGROUNDS e aquelas que não merecem. 

[Filipe Leopoldino] A cena do Metal/Hardcore aqui em Teresina ultimamente está crescendo visivelmente bem. Quem acompanha a cena mais de perto percebe que de 2013 para 2014, o progresso foi muito grande. Hoje em dia temos muito mais eventos relativos com o metal/hardcore aqui em Teresina, muitas bandas de fora tocando por aqui. Um ótimo exemplo que posso dar são os eventos organizados pelo Pemba Récordis, quem ficou por dentro de todas as edições do Cajuína Voadora realizadas até hoje, sabe do que eu estou falando. Porém como a pergunta já diz, a cena tem muito o que crescer ainda. As bandas ainda são poucas, mas já temos o As Dawn Breaks, que é uma banda muito importante para a cena, já bem reconhecida para aqueles que curtem Metalcore, temos o próprio Obtus que está contribuindo para o hardcore em Teresina há mais de 18 anos, temos o Capitalistic Death há aproximadamente 8 anos , e das mais novas temos o Campo Minado 118, Audreyisdead, Metal Six, etc. que estão ai para contribuir mais com o crescimento da cena Metal/Hardcore aqui em Teresina. Relativo ao underground aqui em Teresina eu não tenho conhecimento de nenhuma banda que não se adeque a tal movimento. Todas as que eu citei por exemplo, fazem parte do movimento Underground da cena Metal/Hardcore aqui em Teresina. Porém em alguns locais fora de Teresina, aqui no Piauí mesmo, é notável a comercialização descarada na cena. Acho por exemplo um absurdo a massificação da cena para fins mercantis, a formação de “Associações de Rock” para lucrar em cima de quem está na cena, sem ter como objetivo contribuir com a cena, coisa que infelizmente acontece por aqui.
 
Metal Reunion Zine: Por aqui é difícil gravar o que vocês tocam em um local adequado, não muito abusivo, profissional e que saia da maneira que vocês realmente querem. Estou certo? Em maio vocês lançaram o primeiro single, intitulada de ‘’Promise Is Doubt’’. Confesso que não sairia da maneira que imaginava, mas vocês mostraram que não são obrigados a ir a um estúdio ‘’luxuoso’’ pra gravar aquilo tudo. Ficou realmente insano apesar de ter sido gravado virtualmente e etc... Como vai funcionar o sistema das próximas músicas?

[Filipe Leopoldino] Antes de responder a pergunta, quero agradecer pelos elogios relacionados a single “Promise Is Doubt”. E sim, você está certo, realmente é muito difícil encontrar um local adequado para a gravação das músicas da The Endless Siege, sem que os preços sejam abusivos. Quanto as próximas músicas, ainda estamos analisando o que pode ser melhor para a banda, em critérios de qualidade sem ter que pagar caro demais para isso.

[Luis Eduardo] Nós gravamos a single na casa do Cláudio (guitarrista), nós não tínhamos muito com o que trabalhar, infelizmente a qualidade não era muito boa, foi simples e só foi preciso da guitarra e de um notebook. Realmente é difícil de conseguir gravar com muita qualidade em Teresina, pois todos sabem que não é barato. A ideia daqui pra frente é conseguir equipamentos mais profissionais, que possamos gravar com uma qualidade no mínimo de igual pra igual com as demais bandas locais. Nosso guitarrista Luis Eduardo, é o que mais trabalha com a parte de gravação, e com certeza vai sair um bom material daqui pra frente.

Metal Reunion Zine: Parte lírica. Inglês ou português? Qual a importância da língua para vocês?

[Filipe Leopoldino] As letras das músicas da The Endless Siege são na língua Inglesa, mais por causa da questão estética da fala. Acredito eu que independente das letras das músicas serem em português, inglês, espanhol, etc. o que importa é a mensagem que as letras devem reproduzir para os ouvintes.

[Luis Eduardo] Isso é um tema que as pessoas tendem a discutir e que parece muito óbvia a resposta. Nós da The Endless Siege, optamos pelo inglês não é simplesmente porque é o idioma “bonito”, mas porque é o idioma universal. Entendam que não é só o brasileiro que faz isso. É o espanhol, o sueco, o irlandês, etc. É como na ciência acadêmica, se você é um cientista e quer compartilhar seu conhecimento com o mundo, com certeza você não vai escrever seu artigo na sua língua local, mas sim, vai optar pelo inglês, pois para atingir o mundo hoje, é necessário usar o inglês. Logo na minha opinião as bandas que usam inglês, não é pra fugir do seu idioma local, mas pra poder mostrar para o mundo. Então no final das contas, isso conta mais com o público que você tem a intenção de atingir.

Metal Reunion Zine:  Ser banda de Metal/Hardcore independente hoje no Brasil é ser o que?

[Filipe Leopoldino] Ser uma banda independente, seja qual gênero ela for tocar, é fazer algo do seu jeito, não ser genérico, tentar fazer seu próprio trabalho sem depender unicamente das bandas que já existem. Já vi por exemplo muitos casos de bandas que são consideradas independentes por boa parte do público, mas soam como plágios de bandas muitas vezes já bem destacadas mundialmente. É importante explicitar que existe uma tênue diferença entre plágio e influência, é obvio que toda banda tem suas influências para desenvolver os seus projetos, eu até citei as influências de som em relação ao The Endless Siege. Mas a partir do momento em que uma banda faz uma música onde boa parte dos riffs são bem similares a uma ou mais bandas que já existe, se torna genérico, se torna uma banda demasiadamente dependente de outra banda para a criação das músicas. 

Metal Reunion Zine: O que vocês acham dessa galera que faz sucesso muito rápido hoje em dia, isto é, sobre o mercado musical? E desses movimentos em prol ao rock atuais, como coletivos, etc...?

[Filipe Leopoldino] Diante desta questão do sucesso precoce devemos analisar cada situação. Existem situações em que as bandas são bem sucedidas rapidamente justamente por causa de um excelente trabalho, nesse caso muitas bandas realmente trabalharam duro para conseguir o reconhecimento merecido que tem. Porém existem sim situações onde bandas em que um bom trabalho não é o foco principal, e sim o sucesso, a fama, a estabilidade, etc. Enfim, bandas que investem mais para entrar no mercado e menos na musicalidade, o que eu não apoio, porque muitas vezes as bandas que estão trabalhando duro para a criação dos seus materiais não usufruem do reconhecimento que merecem, por causa destas bandas que direcionam o foco para o sucesso, a fama, a estabilidade, etc... E consequentemente acabam que ocupando o espaço de quem realmente se esforçou para fazer um ótimo trabalho. É por isso que hoje em dia, muitas bandas que mostram um bom fruto de um trabalho árduo acabam que abandonando o lado da música, não no intuito de desistir e sim por reconhecer que está desperdiçando trabalho por algo que não está gerando feedbacks positivos. Quanto aos movimentos como coletivos, associações, etc... É uma questão bem relativa. Se os mesmos movimentos tiverem como objetivo promover o gênero musical sem se preocupar com fins de mercado, eu apoio. Mas existem vários casos em que esses movimentos são só um modo de conquistar estabilidade à custa de quem está na cena do rock/metal/hardcore, sem ter o mínimo de preocupação com a cena, o que é ridículo. Eu abomino quem utiliza-se da cena tendo a única preocupação os fins de mercado, atitudes como está só denegrem a cena. Infelizmente em alguns lugares aqui mesmo no Piauí acontece este tipo de coisa.

Metal Reunion Zine: Fama ou sucesso? 

[Luis Eduardo] Todos querem ver seus projetos bem sucedidos, fama é consequência do sucesso que se obteve com o esforço aplicado no que você se compromete em fazer. Então se a The Endless Siege hoje procura um dos dois, seria o sucesso de poder ver o público contente com o que estamos produzindo.

Metal Reunion Zine: Agora deixo aberto a vocês pra deixarem um recado ou o que quiserem. Novamente agradeço muito a vocês pelo tempo.

[The Endless] Bem, estamos gratos pela entrevista, agradecemos muito pela oportunidade, e sempre que precisar estaremos a disposição. Queríamos poder agradecer a todos que já curtem a The Endless Siege no facebook e a todos que estão aqui lendo a esta entrevista, e deixar claro que estamos trabalhando para poder passar a todos um bom material musical. Apesar das dificuldades, não estamos desmotivados, e vamos mais a frente, pois mais a frente vem nosso EP.

Contato: https://www.facebook.com/theendlesssiege?fref=ts

Entrevista por Pedro Hewitt