Metal Reunion Zine

Blog que reúne notícias referentes a bandas, artistas, eventos, produções, publicações virtuais e impressas, protestos, filmes/documentários e quadrinhos independentes/underground ligados de alguma forma a vertentes da cultura Rock'n'Roll e Heavy Metal do Brasil e também de alguns países que possuem parceiros de distribuição do selo Music Reunion Prod's and Distro e sua divisão Metal Reunion Records.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

JUPITERIAN – ARCHAIC PROCESS OF FOSSILIZATION - Resenha CD

JUPITERIAN 
"ARCHAIC PROCESS OF FOSSILIZATION" 
(Cold Art Industry – 2017)

Este old banger e admirador da cult art conceituada como Doom Metal somente veio ter a singular oportunidade de conhecer o Jupiterian quando do lançamento do seu debut álbum, “Aphotic” (2015, clique aqui e confira). Naquela ocasião me causara estranheza ver um selo, Black Hole Productions, que tem seu foco em bandas mais extremas (Grind, Death), por um álbum de Doom em seu cast.
Contudo como conheço seu proprietário de longas datas entendi que foi sua primeira experiência e que venha mais Fernando Camacho. Então fui hipnotizado pela sonoridade da banda, Doom com bastante distorção, misturado com Sludge, algo de Death Metal (quiçá por ter na banda um membro que já tocara Death com Sludge no The Black Coffins – rip). Enfim, minha atenção foi totalmente atraída pelo que ia ouvindo à medida que o track list avança.
Isto me levou a entrevistar a banda, clique aqui e confira, o que normalmente só faço com bandas que são relevantes no meu ponto de vista e que mereçam estar aqui apresentadas a vocês visitantes que nos prestigiam. Contudo seus trabalhos anteriores e posterior ao álbum somente tive acesso através da internet; trata-se do EP “Archaic”, do single “Drag Me to My Grave (com violinos) e o EP “URN”.
Todos reunidos nesta compilation maravilhosa e que veio com dois posters inclusos e um adesivo ( o mesmo do patch que comprei da banda e que está no meu colete). A arte gráfica “casa” perfeitamente com toda a áurea de mistério que envolve a banda; também pudera o Jupiterian tem uma temática lírica centrada na obra do escritor HP Lovecraft, ocultismo, mitologia e afins.
Sonoridade intacta e fudida, atenção focada em contemplar mais esta bela obra da banda. Além dos sons autorais foi bem interessante sacar o cover do Anathema e do Black Sabbath sobre a ótica da banda: respectivamente “Mine Is Yours to Drown In (Ours Is the New Tribe)” e “Behind the Wall of Sleep”. Já a música do single, “Drag Me to My Grave”, apesar de uma queda perceptível de qualidade de gravação em relação às demais, veio “aditivada” com violinos o que lhe dá um charme a mais.
Portanto caros doometalers eu no lugar de vocês procuraria ter este item no seu acervo, obrigatório, imprescindível, indubitavelmente. Brasil porra, qualidade fudida e que orgulha a nossa cena!! Parabenizo o Sergio Douglas (vulgo Barão) da Cold Art Industry pela iniciativa, acertou em cheio camarada.
Por: Jaime “TheMetalVox” Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário