Metal Reunion Zine

Blog que reúne notícias referentes a bandas, artistas, eventos, produções, publicações virtuais e impressas, protestos, filmes/documentários e quadrinhos independentes/underground ligados de alguma forma a vertentes da cultura Rock'n'Roll e Heavy Metal do Brasil e também de alguns países que possuem parceiros de distribuição do selo Music Reunion Prod's and Distro e sua divisão Metal Reunion Records.

sábado, 24 de dezembro de 2016

Motörhead: com pegada thrash, Blackning lança versão para Mean Machine e relembra um ano sem Lemmy

Da direita: Elvis Santos, Cleber Orsioli e Franscisco Stanich (divulgação)

Para marcar um ano da morte de um dos pais da música pesada, Lemmy Kilmister, baixista e vocalista da banda Motörhead, o trio paulista Blackning lança em dezembro uma versão thrash metal da música Mean Machine, originalmente lançada pelos ingleses no álbum Orgasmatron, de 1986.

Mean Machine, na versão Blackning pode ser escutada pelos fãs em www.blackning.com.

Lemmy morreu em 28 de dezembro do ano passado aos 70 anos e movidas pela data, bandas de todo o mundo têm prestado homenagens como o Metallica que dedica a faixa Murder One do novo Hardwired…To Self-Destruct ao vocalista do Motörhead. 

Saxon e Doro Pesch são outros nomes que prometem tributos à Lemmy em seus álbuns de 2017. Os britânicos com uma faixa inédita intitulada They Played Rock And Roll e a Queen Metal alemã com Living Life to the Fullest.
 
“Embora Lemmy tenha passado a vida renegando o título de mestre do heavy metal, a importância e grandiosidade de sua contribuição para o estilo são inegáveis e não podem passar em branco e, no Brasil, estamos fazendo nossa parte com essa releitura de Mean Machine”, explica o baterista da Blackning, Elvis Santos.

Aos 33 anos, distante de ser um contemporâneo de Lemmy como muitos dos músicos que agora homenageiam o vocalista dono de uma das mais emblemáticas posturas roqueiras, Elvis ostenta no braço uma enorme tatuagem com o símbolo do Motörhead e integra uma geração de jovens impactada pela música de Kilmister e companhia.  

Assim como o Motörhead, que se manteve como trio por boa parte de variadas formações, Blackning também é composta pela tríade Cleber Orsioli (vocal e guitarra), Francisco Stanich (baixo) e Elvis Santos (bateria). Formada há dois anos em Santo André, no ABC paulista, a banda conta com os álbuns Alienation (2016) e Order of Chaos (2014) na discografia e extensas turnês por todo o Brasil.

Acompanhe a Blackning na web


Fonte
Isis Mastromano Correia
AGÊNCIA 1A1 – MEDIA FOR MUSIC
11 9.8631-3656 (Whatsapp/TIM)
isis@agencia1a1.com.br
agencia1a1.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário