Metal Reunion Zine

Blog que reúne notícias referentes a bandas, artistas, eventos, produções, publicações virtuais e impressas, protestos, filmes/documentários e quadrinhos independentes/underground ligados de alguma forma a vertentes da cultura Rock'n'Roll e Heavy Metal do Brasil e também de alguns países que possuem parceiros de distribuição do selo Music Reunion Prod's and Distro e sua divisão Metal Reunion Records.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

ODALHEIM - Praise the True Black Flame - Resenha Demo


ODALHEIM
“Praise the True Black Flame”
Rising – Nac.

O Rio Grande do Norte vem se mostrando um Estado bem produtivo no meio Heavy Metal, se bem que isso é uma constante desde a década de 90. Mas é espantoso como atualmente vem surgindo ótimos nomes no Estado, seja em qual estilo for. A Odalheim vem do interior, mais precisamente da cidade de Assú, e “Praise the True Black Flame” se trata de sua segunda Demo (ou EP, como a própria horda designa esse trabalho). Infelizmente ainda não tive acesso ao primeiro trabalho da banda, até mesmo para fazer um comparativo, mas o que ouvi (e ainda estou ouvindo) nesse novo trabalho é fantástico! Black Metal em sua essência mais primitiva, com traços musicais influenciados pela cena nórdica, mas, claro, trazendo certas características próprias. “Night Spirit”, a música que abre o CD, é a mais longa, tendo mais de seis minutos de duração, e uma alternância de andamentos bastante interessante, indo de momentos mórbidos e cadenciados a passagens velozes e agressivas. Os vocais não trazem grande variação, mas não se tornam maçantes, até mesmo porque casam com o que a horda propõe. A guitarra traz aquele som tipicamente Black Metal e a ‘cozinha’ é bem densa e correta, não se prendendo apenas à velocidade ou a uma linha reta de som. A gravação deu uma ênfase à sonoridade do Odalheim, já que veio meio que abafada, mas deixando tudo bem nítido e com uma equalização perfeita para o estilo proposto. O encarte é apresentado no formato envelope, com encarte sobressalente trazendo letras e demais informações. Os maníacos responsáveis por tal obra são: Hyperion (bateria), Possessed (baixo/vocal) e Paimon (guitarras). Como dito acima, Black Metal em sua essência, mas não se apegando apenas a agressividade do estilo, como os dedilhados de “Taste of Death is Blood” podem mostrar.

E-mail: odalheim@hotmail.com
Site: www.facebook.com/odalheim

Resenha por Valterlir Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário